Audi Q5 TFSI Attraction

R$ 109 999

Audi Q5 TFSI Attraction

Detalhes do Carro:
Tipo Utilitário Esportivo
Km 55000 km
Combustível Gasolina
Motor 2.0 turbo
Ano 2015
Preço 135000
Transmissão Automatico
Tração AWD
Cor Exterior Preta
Cor Interior Couro Preto
Tempo de Vôo N/A
Horas de navegação N/A
Blindado Não
Opcionais
  • Air Bag
  • Alarme
  • Ar Condicionado Digital
  • Bancos em Couro
  • Câmera de Ré
  • Computador de Bordo
  • Controle de Estabilidade
  • Controle de Tração
  • Direção Hidraulica
  • Freio ABS
  • GPS
  • Luz Diurna
  • Retrovisor Elétrico
  • Retrovisor Fotocromático
  • Sensor Crepuscular
  • Sensor de Chuva
  • Sensor de Estacionamento
  • Tiptronic
  • Travas Elétricas
  • Vidros Elétricos
  • Volante Com Regulagem de Altura

Audi Q5 TFSI Attraction

 

 

 

 

Audi Q5 TFSI Attraction   Para começar, o modelo

ficou 90 kg mais leve. É um adulto corpulento de

diferença. A fabricação fica por conta da planta

de San José Chiapa, no México, onde o carro

é feito sobre a base MLB, a mesma arquitetura

modular para motores longitudinais que serve

o novo A4. Isso dará uma mão e tanto no desempenho,

com a ajuda da tração integral quattro. Além do quatro

cilindros, podemos esperar pelo retorno do SQ5, que

carrega mais pesado na pimenta graças ao 3.0 V6.

O seis cilindros trocou o compressor volumétrico

utilizado anteriormente por um turbo twinscroll,

tudo para atingir 354 cv e 50,1 kgfm de lineares

1,370 a 4,500 rpm. A arrancada até os 100 km/h é

despachada em 5,4 s e a velocidade máxima é limitada

a 250 km/h eletronicamente.
O interior tem central multimídia de 8,4 polegadas

e quadro de instrumentos digital de 12,3 polegadas.

Luxos como sistema de som Bang&Olufsen e faróis

e lanternas em leds farão parte do cardápio. Curiosamente,

a central multimídia MMI não ganhou tela

sensível ao toque: há um novo trackpad

enorme logo à frente da alavanca de câmbio

para fazer a interface.Além do quatro cilindros,

podemos esperar pelo retorno do SQ5, que carrega

mais pesado na pimenta graças ao 3.0 V6. O seis

cilindros trocou o compressor volumétrico

utilizado anteriormente por um turbo twinscroll,

tudo para atingir 354 cv e 50,1 kgfm de lineares

1,370 a 4,500 rpm. A arrancada até os 100 km/h é

despachada em 5,4 s e a velocidade máxima é limitada

a 250 km/h eletronicamente.  O interior tem central

multimídia de 8,4 polegadas e quadro de instrumentos

digital de 12,3 polegadas. Luxos como sistema de som

Bang&Olufsen e faróis e lanternas em leds farão parte

do cardápio. Curiosamente, a central multimídia

MMI não ganhou tela sensível ao toque: há um

novo trackpad enorme logo à frente da alavanca

de câmbio para fazer a interface.