JEEP GRAND CHEROKEE 3.6 LIMITED 4X4 V6

R$ 74 899

JEEP GRAND CHEROKEE 3.6 LIMITED 4X4 V6

Detalhes do Carro:
Tipo Camioneta
Km 75000 km
Combustível Gasolina
Motor N/A
Ano 2011
Preço 98000
Transmissão
Tração 4WD
Cor Exterior Branco Sólido
Cor Interior Preto
Tempo de Vôo N/A
Horas de navegação N/A
Blindado N/A

JEEP GRAND CHEROKEE 3.6 LIMITED 4X4 V6

JEEP GRAND CHEROKEE 3.6 LIMITED 4X4 V6

JEEP GRAND CHEROKEE 3.6 LIMITED 4X4 V6

 

Jeep Grand Cherokee Limited V6 3.6

JEEP GRAND CHEROKEE 3.6 LIMITED 4X4 V6

Tapa no visual e um câmbio de oito marchas preparam o mito da Jeep para a próxima geração

 

JEEP GRAND CHEROKEE 3.6 LIMITED 4X4 V6

Foi o sucesso do Grand Cherokee que puxou a fila, no fim dos anos 90; depois vieram os alemães

Mercedes ML e BMW X5 e mais recentemente os coreanos Hyundai Santa Fe e

Kia Sorento. Nessa movimentação, o SUV da Jeep, que já foi referência em luxo na lama,

acabou vítima do próprio triunfo: o nível da competição subiu e ele acabou se acomodando

no pelotão intermediário. Se as duas primeiras gerações reinaram absolutas ao redor do planeta –

no Brasil, chegou a ser o vice-líder de vendas entre os SUV, perdendo só para a Chevrolet Blazer -,

a terceira perdeu embalo. Agora, já na quarta, o Grand Cherokee passa por um face-lift de

despedida, uma vez que um modelo completamente novo, de quinta geração, deve estrear nos

Estados Unidos em 2016. Mas não se iluda: apesar da finalidade transitória, as mudanças da

“geração 4,5” deram nova cara e mais pegada ao jipão.

As principais alterações de estilo foram na dianteira. A grade com sete aberturas, característica que define o DNA Jeep,

foi mantida, mas está mais afilada e afastada dos faróis. Estes também ganharam contorno mais delicado e moderno,

com xenônio e leds, cujas linhas lembram as do Range Rover Evoque. Na traseira, mais novidade: a parte da

lanterna que avança em direção à lateral permanece igual, mas a porção alojada na tampa do porta-malas

(completamente nova) cresceu. O vidro com abertura independente da tampa – outra característica

típica do Grand Cherokee – foi preservado. Os designers ainda retiraram a régua cromada que ligava as

lanternas para deixar ao logotipo Jeep mais evidente. No teto, outra mudança: mesmo com os novos para-choques, os ângulos de entrada

VEJA TAMBEM

AUDI S3 SPORTBACK QUATTRO AMARELO CARRO ESPORTIVO