Mitsubishi Outlander Diesel Blindada

R$ 159 999

Mitsubishi Outlander Diesel Blindada

Detalhes do Carro:
Tipo Esportivos
Km N/A
Combustível Diesel
Motor 2.2 Turbo
Ano 2016
Preço 170000
Transmissão Automatico
Tração AWD
Cor Exterior Preto Metálico
Cor Interior Couro Preto
Tempo de Vôo N/A
Horas de navegação N/A
Blindado Sim
Opcionais
  • Air Bag
  • Alarme
  • Ar Condicionado Digital
  • Bancos em Couro
  • Câmera de Ré
  • Computador de Bordo
  • Controle de Estabilidade
  • Controle de Tração
  • Desembaçador Traseiro
  • Direção Hidraulica
  • Freio ABS
  • GPS
  • Retrovisor Elétrico
  • Sensor de Chuva
  • Sensor de Estacionamento
  • Tiptronic
  • Travas Elétricas
  • Vidros Elétricos
  • Volante Com Regulagem de Altura

Mitsubishi Outlander Diesel Blindada

 

 

 

 

Mitsubishi Outlander Diesel Blindada

As mudanças no design foram as tradicionais em uma

reestilização. Os paralamas foram redesenhados,

tanto na dianteira como na traseira, os faróis agora

são de LED e o conjunto optico agora incorpora

luzes de iluminação diurna, também em LED –

que também está presente nas lanternas traseiras

e nos repetidores de seta incorporados aos retrovisores.

Apesar de ser um facelift, as mudanças foram além

do visual e, no total, contabilizam mais de 100 alterações

em relação ao projeto anterior. Externamente, as linhas

do carro ganharam algumas mudanças sutis, quase

imperceptíveis, que resultaram na melhora do coeficiente

de penetração aerodinâmica. Mas as mudanças mais

significativas tiveram como foco a melhora do isolamento

acústico. Os materiais usados no interior foram trocados

para outros com composição mais absorvente, a medida

do conjunto de rodas e pneus foi alterado 225/55 R18,

que resulta em um nível menor de vibração e a

suspensão foi recalibrada – a principal alteração são

os amortecedores traseiros com um curso maior.

 

pico entre 1500 e 2750 rpm (com potência máxima de 165 cv),

provenientes do 2.2 turbodiesel de quatro cilindros em linha,

com 16 válvulas, bloco de alumínio e duplo comando de

válvulas, com geometria variável e injeção direta

Common Rail. Chamado “Clean Diesel”, ele atende

as normas de emissões Euro V, o que também

representa um bom consumo – em nosso teste de consumo,

cravou 10,2 km por litro no ciclo urbano e 14,2 na estrada.

Seu desempenho também foi satisfatório. Com 11,1 segundos

na aceleração de 0 a 100 km/h, ele foi apenas 1,9 segundo

mais lento que a V6 3.0 a gasolina. Nas retomadas o padrão

foi semelhante, com 4,9 segundos na retomada de 40 a 80

km/h, apenas meio segundo a mais.